Empreender

Como utilizar as redes sociais para impulsionar seu negócio?

A popularidade das redes sociais cresceu em uma velocidade estrondosa. Perspectivas apontam que, só no Brasil, o número de usuários ativos nessas plataformas deve crescer mais de 20% até 2023, o que equivale a cerca de 114,5 milhões de pessoas.

O nosso país já ocupa o primeiro lugar no ranking entre as nações que mais utilizam as redes sociais em toda a América Latina. Aproximadamente 88% da população brasileira acessa o YouTube, Facebook, Twitter, Instagram, LikedIN, entre outros canais, diariamente.

Grande parte dos acessos no Brasil é feita por dispositivos móveis, com mais de 68 milhões de brasileiros navegando pelas redes sociais exclusivamente pelos celulares. A faixa predominante de usuários é formada por adultos com mais de 45 anos (27%), seguido de jovens entre 24 a 35 anos (25%).

Além disso, o brasileiro passa, em média, de 8 a 12 horas por dia conectado à internet – 70% desse tempo é usando as redes sociais.

Só com esses números, dá para ter uma ideia do porquê as redes sociais aparecem como grandes plataformas de divulgação e, por conta disso, muitas empresas utilizam essas mídias em suas estratégias de marketing.

Contudo, por se tratar de um serviço altamente especializado, sendo que cada rede social possui suas próprias características, é preciso adotar iniciativas personalizadas, como forma de obter melhores resultados e potencializar a captação de clientes.

Ademais, vale dizer que todo tipo de negócio pode usar as redes sociais em suas estratégias, desde uma empresa de pintura predial, um empreendimento B2B (business to business), B2C (business to customer), lojas de roupas, etc.

O artigo de hoje vai dar algumas dicas e mostrar como utilizar as redes sociais para impulsionar o seu negócio. Acompanhe a leitura!

7 dicas de marketing nas redes sociais para empresas

Engana-se quem pensa que divulgação em redes sociais é algo simples. Afinal de contas, não basta criar uma página para sua empresa de terceirização de portaria e achar que a irá ter ótimos resultados. 

Ao contrário, é preciso ter um planejamento estratégico, buscar referência e produzir algo atrativo aos usuários.

Dessa forma, é possível captar leads (potenciais clientes), aumentar o tráfego orgânico do seu site, melhorar as chances de venda e o brand awareness da marca – fatores que irão impactar positivamente na imagem do seu negócio.

Abaixo, confira algumas dicas de marketing nas redes sociais que podem ser aplicadas em empresas de instalações elétricas e demais empreendimentos.

1 – Conheça o seu público-alvo

Uma das grandes vantagens das redes sociais é a personalização e segmentação do conteúdo. 

Isso significa que é possível entregar materiais específicos para as pessoas certas e no momento certo.

Ou seja, diferentemente do que ocorre no marketing tradicional, em que as propagandas são massivas e homogêneas, as redes sociais podem oferecer o produto ou serviço para quem realmente está interessado. 

Com isso, a probabilidade de conversão é muito mais alta, o que pode refletir em um aumento de vendas.

Por exemplo, o serviço prestado pelas empresas de consultoria ambiental é algo bastante específico, que atende um nicho de audiência. Com as redes sociais, as campanhas podem ser orientadas em vários recortes, conforme, por exemplo:

  • A geolocalização do público;
  • Os dados demográficos (idade, sexo, escolaridade);
  • Os tipos de trabalho e profissões dos clientes;
  • Os interesses e assuntos mais procurados pelo público.

Isso tudo porque as redes sociais contam com um extenso banco de dados, sendo possível consultar as informações a respeito do público-alvo e, com isso, tornando a campanha direcionada.

2 – Compartilhe conteúdo relevante

Embora as redes sociais sejam excelentes para a venda de produtos, não se pode apenas usá-las para isso. É preciso oferecer algo relevante aos usuários, que desperte o interesse e tenha informações confiáveis sobre determinado assunto.

Por exemplo, uma loja de material elétrico e hidráulico pode compartilhar um vídeo tutorial no Facebook com dicas de como fazer uma instalação em casa. 

Dessa maneira, os seguidores terão interesse pelo conteúdo e passam a interagir mais com os canais da empresa, promovendo maior engajamento.

Como resultado, as pessoas passam a confiar mais no seu negócio, o que pode resultar em vendas. Afinal, os clientes tendem a adquirir produtos e serviços em empreendimentos que transmitem credibilidade.

3 – Invista em anúncios patrocinados

Os anúncios patrocinados, principalmente o Facebook e o Instagram Ads, são ótimas maneiras de melhorar as vendas pelas redes sociais. 

Em primeiro lugar porque as propagandas podem ser segmentadas conforme o público-alvo, além disso, o investimento é muito mais barato, do que em comparação com o marketing tradicional.

Desse modo, uma montadora de stands pode usar um anúncio patrocinado para divulgar um evento que está participando, atingindo um grande número de pessoas potencialmente interessadas e tendo um ótimo ROI (Retorno sobre Investimento).

4 – Use o Instagram Shopping

O Instagram é uma das redes sociais mais populares da atualidade. Por ter um grande apelo visual, o aplicativo se tornou uma das preferências pelas empresas, pois elas podem divulgar seus produtos diretamente pela plataforma, atraindo os clientes por meio de imagens.

Mas além da força imagética, há alguns recursos no Instagram que possibilitam o aumento de vendas e foram feitos especialmente para as empresas.

É o caso, por exemplo, do Instagram Shopping. O recurso permite a marcação de produtos diretamente na postagem, redirecionando o seguidor para a página de compra. 

Com isso, é possível tornar a decisão do cliente mais fácil, o que pode culminar em um aumento de vendas.

Assim, um distribuidor de rolamentos pode tirar boas fotos de seus componentes e colocar preço e tag diretamente com a ferramenta do Instagram Shopping. 

Isso é vantajoso para as empresas, mas também para os compradores, que podem ter informações rápidas a respeito de um produto, incluindo o preço e o nome da mercadoria.

5 – Mostre o dia a dia da empresa

Uma das grandes vantagens das redes sociais é que elas possibilitam uma maior aproximação da empresa com o público, devido ao compartilhamento rápido e simples de conteúdos, mas também pela humanização, já que se pode acompanhar o dia a dia dos negócios por meio de stories, por exemplo.

Dessa maneira, uma indústria de transformadores pode mostrar mais sobre como é a organização dos departamentos, como são os processos de montagem, entre outras atividades executadas na fábrica.

Com isso, o relacionamento com os usuários fica muito mais próximo, o que é ótimo para as vendas, já que as pessoas tendem a comprar de empresas com as quais se identificam.

6 – Mantenha o perfil profissional atualizado

Muitas pessoas usam as redes sociais como fontes de consulta, para ter acesso a um endereço, um telefone, um e-mail ou outra forma de contato com a empresa. Inclusive, as próprias redes são usadas como canais de comunicação com os clientes.

Por conta disso, é fundamental manter o perfil atualizado, com informações detalhadas e uma imagem profissional, para que os usuários encontrem o que procuram com facilidade e, além disso, sintam credibilidade no seu negócio.

Ademais, quanto à comunicação, o recomendável é não ignorar os seguidores e respondê-los com cordialidade e profissionalismo. Isso também ajuda na construção de um relacionamento saudável entre empresa e cliente.

7 – Tenha um cronograma de postagens

Devido à rapidez e o dinamismo nas redes sociais, é importante manter um cronograma de postagens atualizado, ou seja, é preciso compartilhar conteúdo constantemente com os seus seguidores.

A falta de materiais pode resultar no esquecimento da sua empresa, o que não é benéfico para os negócios. Mas o excesso também pode ser prejudicial, ainda mais quando não é bem planejado.

Por esse motivo, o ideal é verificar quais os dias da semana as suas redes têm mais acesso, bem como datas comemorativas importantes. Com isso, é possível encontrar os melhores horários de postagem e manter seus perfis atualizados.

Conclusão

Não dá mais para fugir das redes sociais. Elas estão presentes em todo o mundo e são usadas por uma grande parcela de pessoas. Aliás, a tendência de crescimento para esses canais é muito próspera.

Por conta disso, os negócios precisam se adaptar a essa realidade, verificando como o marketing nas redes sociais pode ajudar na captação de clientes, engajamento da marca, construção de uma identidade e destaque em um mercado cada vez mais competitivo.

As redes sociais ajudam o seu negócio a construir uma autoridade na internet e a alcançar novos clientes, já que o alcance das plataformas é extenso, ultrapassando, muitas vezes, os limites geográficos.

Daí a necessidade de ter um planejamento de marketing estratégico, com objetivos bem definidos para concretizar ações assertivas e direcionadas. Como consequência, os resultados serão positivos, com impactos em vendas e no reconhecimento da sua empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

About the author

nikeair

Add Comment

Click here to post a comment

RSS Últimas Notícias

  • Veja páginas removidas pelo Facebook por promoverem desinformação e que foram apontadas em investigação 10 de julho de 2020
    Laboratório de pesquisa diz que elas foram criadas por funcionários de gabinetes da Presidência, dos filhos de Bolsonaro e de outros políticos do PSL. Segundo a rede social, responsáveis tentavam esconder identidade. O Facebook removeu na última quarta-feira (8) uma rede de contas e perfis falsos que, segundo a empresa, estava organizada para gerar desinformação […]
  • Bolsonaro nomeia indicados de Weintraub no CNE e abre espaço para nome político no MEC 10 de julho de 2020
    O presidente Jair Bolsonaro nomeou para o Conselho Nacional da Educação (CNE) indicados pelo ex-ministro da Educação Abraham Weintraub e, assim, abriu caminho para entregar o comando do Ministério da Educação a um nome politico, que agrade aliados no Congresso Nacional. A informação foi confirmada por assessores do presidente. A escolha do novo ministro está […]
  • Mercado acionário europeu fecha em alta e interrompe três dias de perdas 10 de julho de 2020
    Indicadores positivos da indústria da Itália e da França levantaram esperanças de uma recuperação econômica. Os índices acionários europeus avançaram nesta sexta-feira (10) após dados positivos da indústria da Itália e da França levantarem esperanças de uma recuperação econômica, embora os ganhos tenham sido limitados pelo aumento de casos de coronavírus em todo o mundo. […]
  • Trump diz não estar pensando em Fase 2 do acordo comercial com a China 10 de julho de 2020
    Relação com a China foi severamente danificada, diz presidente norte-americano. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira (10) que não está pensando no momento em negociar a Fase 2 do acordo comercial com a China no momento em que as relações entre os dois países piora devido à pandemia de coronavírus e […]
  • Após abuso de hackers, Mozilla suspende serviço de compartilhamento de arquivos Firefox Send 10 de julho de 2020
    Medida é temporária. Hackers se aproveitaram dos recursos de privacidade para ocultar rastros de ataques. Mensagem avisa sobre suspensão temporária do Firefox Send. Reprodução A Mozilla, mais conhecida como responsável pelo navegador Firefox, suspendeu temporariamente o funcionamento do Firefox Send, um serviço criado em 2017 para facilitar o compartilhamento de arquivos grandes entre duas pessoas. […]
  • Financiamentos de veículos caem 20% no 1º semestre de 2020 10 de julho de 2020
    De acordo com a B3, o último mês teve crescimento de 44% em relação a maio, mas foi o pior junho desde 2016. Loja de carros usados em São Paulo Fábio Tito/G1 Os financiamentos de veículos novos e usados caíram 20% no Brasil em 2020, quando comparados com o mesmo período de 2019. Os dados […]
  • Pessimismo do empresário da indústria cai pelo 3º mês seguido, aponta CNI 10 de julho de 2020
    Índice de Confiança subiu 6,4 pontos em julho, alimentado expectativas de recuperação da economia após queda histórica com pandemia. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) melhorou, em julho, pelo terceiro mês consecutivo, após queda histórica em abril deste ano em virtude do auge da crise para o setor produtivo diante dos problemas com […]
  • FMI adverte que cortar o gasto público muito rápido pode prejudicar a recuperação 10 de julho de 2020
    Fundo alerta sobre obstáculos para impedir um colapso da economia em consequência da pandemia, especialmente se acontecer uma segunda onda de contágios. Logo do FMI em Washington, EUA Reuters/Yuri Gripas A dívida pública global vai atingir o máximo histórico em 2020 devido aos esforços dos governos para impedir um colapso da economia em consequência da […]
  • Preço de passagens aéreas caiu 26,01% em junho; veja itens que mais subiram e mais caíram no mês 10 de julho de 2020
    Maiores altas foram registradas nos preços da abobrinha (15,66%) e da manga (13,83%). Depois de dois meses de deflação, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) voltou a ficar positivo em junho, com taxa de 0,26%, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (10). Os alimentos ficaram […]
  • Bovespa opera em alta e busca novo ganho semanal 10 de julho de 2020
    Na quinta, a bolsa fechou em queda de 0,61%, aos 99.160 pontos. Ibovespa é o principal índice da B3, a bolsa brasileira Amanda Perobelli/Reuters O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em alta sexta-feira (10), buscando um novo ganho semanal, com investidores atentos ao avanço dos casos de coronavírus, bem como […]

QUE DIA É HOJE?

maio 2020
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31