Empreender

Inbound Marketing e Tudo o que Você Precisa Saber sobre Marketing Digital

Inbound_Marketing

Conhecido como “novo marketing”, o inbound marketing se tornou, nos últimos anos, uma das estratégias mais importantes e promissoras do mercado.

Embora tenha se consolidado como sinônimo de marketing digital, alguns pontos a respeito dele precisam ficar bem claros para que os resultados esperados realmente sejam atingidos.

Inbound_Marketing

É verdade que ele só pode ser bem colocado em prática por meio da esfera digital. Contudo, o outbound marketing, que é o seu oposto conceitual e prático, também está fortemente presente na internet.

Às vezes, inclusive, ambos concorrem pelas mesmas plataformas. Como no caso dos motores de busca, em que a otimização de páginas é considerada uma estratégia de inbound, ao passo que o link patrocinado é considerado outbound marketing.

Também é comum ver o inbound marketing aparecer como sinônimo de “marketing de conteúdo”, mesmo que ele já existisse bem antes do advento da esfera digital, e que uma antiga newsletter impressa já pudesse ser considerada um tipo de marketing de conteúdo.

Além das teorias, é preciso atentar-se à parte prática, e saber como colocar o inbound na rotina, conciliando ele com o time de marketing e o time de vendas da empresa.

Para isso, alguns termos ou tópicos são cruciais, tais como:

  • Por que o marketing digital?
  • A metodologia inbound;
  • O que é marketing de conteúdo;
  • Funil de vendas/jornada da compra.

Portanto, se você quer ficar por dentro de cada um desses assuntos e dominar o essencial sobre marketing digital, marketing de conteúdo e técnicas práticas de inbound, siga conosco até o final da leitura.

Os “nativos digitais” e a tendência atual

Não é segredo para ninguém a importância que o marketing digital alcançou nas últimas décadas, bem como a importância da internet no dia a dia da maioria de nós.

Embora não haja faixa etária para usuários da internet, e qualquer persona possa se tornar o foco de uma peça ou campanha publicitária (de crianças e adolescentes até idosos), a verdade é que a geração dos famosos “nativos digitais” dominou o cenário.

Esse recorte de tempo costuma englobar os nascidos entre os anos 2000. O fato de eles terem sofrido forte influência dos dispositivos móveis mudou a realidade do marketing, dos anúncios e do comercial como um todo.

Hoje, uma empresa de alimentação hospitalar que lida com uma solução bastante antiga, que sempre esteve presente, precisa adaptar-se a toda uma linguagem e uma cultura digital que não existiam até pouco tempo atrás.

Essa é a força e a importância do marketing digital. Sem presença em blogs e vlogs, nas redes sociais e nos grandes motores de busca (para citar apenas as plataformas mais óbvias), quase nenhuma marca conseguiria atingir o seu público contemporâneo.

Quando se fala em produtos ou serviços mais atuais e modernos, como georreferenciamento com drone, isso se torna ainda mais verdadeiro e necessário.

Adiante, entenderemos como tudo isso se traduz na prática.

Quais os degraus do inbound marketing?

A metodologia do inbound marketing se baseia inteiramente na realidade descrita acima. Tanto que o seu foco não é apenas vender ou converter clientes, mas transformar um estranho em verdadeiro “fã” e defensor de uma marca.

Naturalmente, isso não é tão simples de se fazer, e vai além das estratégias antigas de venda. Sendo assim, o mapa desse método costuma ser dividido do seguinte modo:

  1. Atração;
  2. Conversão;
  3. Fechamento;
  4. Encantamento;

Pelo outbound, a empresa costuma ir atrás dos clientes, com propagandas impressas, telemarketing ou mesmo rádio e televisão. É fácil imaginar esse formato aplicado a soluções como as de um sistema antifurto lojas.

Pela metodologia inbound, porém, a mesma marca da área de segurança patrimonial pode recorrer a canais como os já mencionados, blogs e vlogs, para não falar nas redes sociais.

Além disso, em vez de simplesmente fazer um “anúncio” nessas plataformas (e isso é muito importante), ela utilizará um formato de geração de conteúdo que não pretende “vender de cara”, mas primeiro agregar valor aos leitores e visitantes da página.

Imaginemos, por exemplo, uma construtora de obras comerciais, que presta uma solução bem mais abrangente que a empresa de alarmes. Ela poderia trazer várias informações, novidades e dicas sobre o seu mercado.

Isso vai muito além de simplesmente falar bem da própria marca e da própria solução oferecida. E, com isso, já entramos na esfera do próprio marketing de conteúdo.

Assim, o inbound começa pela atração, sendo que a segunda etapa (conversão) ainda não consiste na venda, mas em transformar o visitante em lead.

Entenderemos isso melhor ao falarmos sobre funil de vendas. Por enquanto, vamos aprofundar um pouco, logo abaixo, no marketing de conteúdo.

A importância do marketing de conteúdo

Essa estratégia nada mais é que um modo de fazer uma “prospecção passiva”, ao passo que as estratégias tradicionais de vendas lançam mão do que podemos chamar de “prospecção ativa”.

Essa é a diferença entre ir atrás do cliente e gerar conteúdos de qualidade como modo de atraí-lo até você.  

No primeiro caso, você precisa argumentar para provar que sua marca tem autoridade. No segundo, a autoridade vem primeiro e o público vem depois. Pode parecer complicado e até algo demorado demais para trazer resultados, porém, na prática, não é assim.

Imaginemos uma empresa que emite laudo avcb bombeiros. É mais fácil ela conseguir sua atenção prometendo preços e prazos incríveis, ou, diferentemente, explicando a importância legal e técnica do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros?

Basicamente, o marketing de conteúdo visa a isso: gerar conteúdos de qualidade e gratuitos que atraiam muitos leitores interessados. Com o tempo, de modo orgânico e natural, eles se tornarão clientes da marca.

Como é possível deduzir do que dizemos até aqui, esse é justamente um dos pilares do inbound marketing. É nisso que as duas estratégias se assemelham tanto, embora ambas não sejam idênticas entre si.

Outro exemplo, na mesma área, seria o dos profissionais do setor de treinamento de combate a incêndio

Certamente, muitas escolas brigam comercialmente por diferenciais comuns, ao passo que um blog ou vlog pode ser a solução para aumentar a autoridade da marca.

Também é pelo marketing de conteúdo que o inbound atrai mais pessoas. E cabe ao inbound seguir com o processo, conforme as etapas de conversão, fechamento e encantamento, abaixo aprofundadas.

Como acelerar a jornada da compra?

O funil de vendas consiste nas etapas que alguém deve percorrer desde o completo desconhecimento sobre uma marca ou solução até o ponto de se tornar interessada, cliente e defensora do que consumiu.

Outro modo de focar esse mesmo fenômeno é o da jornada da compra, que trata das mesmas etapas, porém pela ótica do cliente. Tradicionalmente, essas fases são as seguintes:

  • Aprendizado e descoberta;
  • Reconhecimento do problema;
  • Considerações acerca da solução;
  • Decisão efetiva de compra;
  • Satisfação e defesa da solução.

Isso também pode parecer um pouco teórico, mas acontece exatamente assim na prática.

Por exemplo, uma empresa pode enfrentar dificuldades ao fazer uma mudança ou decidir ampliar seu espaço físico, sem saber que existem profissionais que lidam com projeto de sala comercial.

Aí é que entra o papel da geração de conteúdo já mencionada, e dos canais de comunicação que são típicos do inbound e do marketing de conteúdo como um todo: os blogs e vlogs, as redes sociais, os motores de busca, etc.

Após a atração feita por esses canais, a segunda etapa do funil, que é a de conversão, ocorre pelos meios que restam de transformar o leitor ou visitante em um lead, isto é, em um contato comercial que pode ser acionado futuramente.

É possível lançar mão de formulários de blog, landing pages (que são páginas exclusivamente criadas para uma ação específica, sem menus e dispersões) e similares. Em todo caso, formar um banco de leads é essencial para o inbound marketing.

A relação com esses leads deve evoluir de modo sistemático, portanto, as ferramentas de CRM (Customer Relationship Management), que fazem a gestão da relação com o cliente, são fundamentais nessa etapa.

O modo tradicional de não deixar o contato esfriar é pelo e-mail marketing. O importante aqui é que ele deve ir além do simples “disparar e-mails”.

É preciso ter método, apurar o retorno que o cliente está dando, seja no sentido de abrir ou não o e-mail, ou do tempo de leitura em uma página, seja como resposta ativa que ele dá no sentido de tirar dúvidas e interagir diretamente.

Uma empresa de pintura residencial, por exemplo, deve apurar se as mensagens disparadas para seus leads estão tendo retorno ou se a maioria nem sequer é aberta.

Somente depois de conseguir a atenção do lead e de mensurar essas questões, é indicado fazer algum tipo de contato propriamente comercial, já com a quase certeza de que a pessoa está no seu melhor momento de compra.

Essa é a essência do inbound marketing, e com isso vemos como é fundamental compreender o seu passo a passo a fim de que ele e o marketing digital possam trazer os melhores resultados possíveis.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

About the author

nikeair

Add Comment

Click here to post a comment

RSS Últimas Notícias

  • Bolsas da Europa invertem curso e fecham em alta nesta segunda 30 de março de 2020
    Principais índices passaram quase todo o dia em queda, mas se recuperaram no final da sessão. Abertura mais forte nos EUA ajudou mercado europeu. As bolsas europeias fecharam em alta nesta segunda-feira (30) após ganhos de última hora, com as compras focadas principalmente em setores defensivos em meio à queda dos preços do petróleo e […]
  • Recessão profunda na Europa é 'conclusão já dada', aponta FMI 30 de março de 2020
    Diretor do fundo apontou que cada mês em que os setores não essenciais permanecem fechados se traduz em uma queda de 3% no PIB anual. O Fundo Monetário Internacional (FMI) apontou nesta segunda-feira (30) que uma profunda recessão na Europa, devido à pandemia de coronavírus, é uma "conclusão já dada". Segundo o fundo, cada mês […]
  • Importadores de café acumulam estoques por temor de quarentenas contra coronavírus 30 de março de 2020
    Aumento da procura fez os preços no Brasil ficarem perto de níveis recordes. Café: compradores tentam manter estoques na crise do coronavírus Pixel2013/Pixabay/Creative Commons CC0 Importadores de café em alguns dos principais países consumidores estão acumulando estoques, ao antecipar pedidos em até um mês, para evitar escassez caso a cadeia de suprimento seja impactada por […]
  • Receita já recebeu mais de 8,1 milhões de declarações do IR 30 de março de 2020
    Prazo para o envio vai até as 23h59 do dia 30 de abril. Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações. A Receita Federal informou que recebeu mais de 8,1 milhões de declarações de Imposto de Renda até as 11 horas desta segunda-feira (30). O número corresponde a cerca de 25% das 32 milhões de […]
  • Auxílio de R$ 600: Tesouro diz que pedirá ajuda de comunidades para cadastrar informais 30 de março de 2020
    Secretário Mansueto Almeida afirmou que o cadastro de todos os trabalhadores informais será um desafio para o governo. Auxílio de R$ 600 visa amenizar efeitos da crise do coronavírus na economia. O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou nesta segunda-feira (30) que o governo pedirá ajuda às comunidades espalhadas pelo país para cadastrar os […]
  • Faturamento do varejo despenca quase 16% em março, mostra levantamento 30 de março de 2020
    Estudo da Cielo aponta que apenas o setor de bens não duráveis, que inclui supermercados e farmácia, apresentou crescimento nas vendas. Com o impacto do avanço do surto de coronavírus na economia, o faturamento do varejo já acumula queda de 15,8% em março na comparação com o mês passado, segundo um levantamento da Cielo divulgado […]
  • Salão de Detroit 2020 é cancelado por pandemia do coronavírus 30 de março de 2020
    Próxima edição do evento acontecerá em junho de 2021. Salão de Detroit de 2017 Bill Pugliano/AFP A organização do Salão de Detroit anunciou o cancelamento do evento que aconteceria em junho nos Estados Unidos, pela pandemia da Covid-19. A próxima edição acontecerá em junho de 2021. Veja os efeitos do coronavírus na indústria automotiva Indústria […]
  • Prefeitura de São Paulo abre 720 vagas de emprego em enfermagem para Hospital de Campanha do Anhembi 30 de março de 2020
    Pré-seleção será online e escolhidos atuarão em unidade voltada a pacientes com coronavírus. Estados montam hospitais de campanha para receber pacientes com coronavírus A Prefeitura de São Paulo abriu processo seletivo online para mais 720 vagas na área de enfermagem, sendo 504 para técnico de enfermagem e 216 para enfermeiro hospitalar. Veja mais vagas de […]
  • Por que o H1N1 não parou economias como a pandemia de coronavírus? 30 de março de 2020
    Em 2009, vírus da gripe suína se alastrou pelo mundo na 1ª pandemia do século 21; mas por que ele não fez cidades e países entrarem em quarentena? Entenda. Enfermeira prepara injeção com vacina para o vírus H1N1, em imagem de arquivo. As previsões mais realistas dizem que uma vacina contra o novo coronavírus não […]
  • Economia brasileira cresceu 0,7% em janeiro, aponta Monitor do PIB da FGV 30 de março de 2020
    Continuidade de retomada já fraca não se sustentará frente a pandemia de coronavírus, avalia instituição. A economia brasileira cresceu 0,7% em janeiro contra dezembro, aponta o Monitor do PIB, calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e divulgado nesta segunda-feira (30). No trimestre móvel de novembro a janeiro, o crescimento foi de 0,2% contra o encerrado […]

QUE DIA É HOJE?

janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031